• E-bit
  • E-bit
  • E-bit
  • E-bit

Festas Regionais: Muito além do Carnaval

Este post foi publicado em Eventos

O Brasil é mundialmente conhecido por sua alegria. Para quem vê de fora, o espírito sorridente e festeiro do país é perfeitamente traduzido pelo Carnaval. Mas para quem vive no país, a folia é só o começo! Com um território de proporções continentais, a imensa variedade cultural mostrada pelas festas típicas não é nenhuma surpresa. Conheça um pouco mais dos festejos populares que vão muito além do Carnaval e do cenário dominado pelas regiões Sul e Sudeste.

Região Norte: Festival de Parintins

O Festival de Parintins é maior festa de boi bumbá do país. Aconteceu oficialmente pela primeira vez em 1965 e sua organização foi assumida pela Prefeitura de Parintins dez anos depois, embora a tradição existe desde o início século XX. Sua marca mais forte e tradicional é o duelo entre os bois Caprichoso (a Estrela Azul) e Garantido (o Coração Vermelho), mas atualmente conta também com outras agremiações de bois precedentes ou contemporâneos, como Diamantino, Ramalhete, Fita-Verde, Corre-Campo, Mina de Ouro, Galante e Campineiro.

O desfile conta a lenda da morte e ressurreição de um boi através de representações de povos indígenas e ribeirinhos nortistas, lendas amazônicas e a toada, ritmo musical que acompanha as duas horas e meia de desfile para cada boi. As apresentações são monumentais, sendo consideradas ainda maiores e mais requintadas que o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro e São Paulo.

06-22_Boi-bumba

Região Nordeste: O Maior São João do Mundo

A típica festa junina já é conhecida de todos brasileiros, com suas danças, comidas típicas e bandeirinhas. Tradicionalmente é realizada entre os dias 12 (véspera do dia de Santo Antônio), passa pelos dias 23 e 24 (dia de São João) e termina no dia 29 (dia de São Pedro). Em Campina Grande, na Paraíba, a festa junina sempre foi uma grande atração - mas a partir de 1983, por uma iniciativa da Prefeitura de Campina Grande, a festa tradicional recebeu o nome de Maior São João do Mundo.

O nome foi profético, e hoje o evento realmente é o maior, atraindo dezenas de milhares de pessoas todos os anos. São mais de 700 horas de forró no Parque do Povo, construído especialmente para abrigar a festa junina de um mês de duração. Vale a pena visitar também o Sítio São João e a Vila da Rainha, que reproduzem o cotidiano do interior nordestino em duas diferentes épocas.

06-22_Sao-Joao

Região Centro-Oeste: Festa do Divino

Historicamente, a festa do Divino Espírito Santo é promovida pela Igreja Católica e tem suas origens em Portugal. Em Pirenópolis, a manifestação religiosa encontra as festividades profanas de diversas origens e significados, unindo o público em um evento único! É celebrada em Pentecostes e marca a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus Cristo.

As manifestações duram cerca de 23 dias e reúnem novenas em latim, congados, folias, queimas de fogos, repique de sinos, algazarra dos Mascarados pela cidade e o levantamento de um mastro de 30 metros de altura, herança da Europa pagã e seus rituais de fertilidade. Um dos maiores destaques são as Cavalhadas, que reproduzem os torneios medievais e são divididas em três partes, obrigatoriamente nessa ordem: visita à Igreja, corrida de argolinhas e escaramuças.

06-22_Cavalhada

Não importa o tamanho e a temática do seu evento, a Autatec tem as melhores estruturas para realizá-lo com segurança e total qualidade. Veja nossos projetos e conheça um pouco mais do que as estruturas Auratec são capazes. Entre em contato com a gente!

Postado em 21/06/2018  |  0 comentários

Comentários